Crescer Feliz

Todas as crianças e jovens têm direito à educação, à saúde e à segurança. E todos têm direito a ser educados numa escola promotora de saúde. (Primeira Conferência Europeia sobre as escolas promotoras de saúde - Grécia, 1997)

Domingo, 25 de Maio de 2014

O bullying homofóbico nas escolas

A notícia é exatamente assim:

 

"Os rapazes são as principais vítimas de bullying homofóbico nas escolas, revela um estudo nacional, segundo o qual quase metade dos alunos do 9.º ano foi alvo de violência por causa da sua orientação sexual.


O trabalho foi elaborado entre 2010 e 2013, através de inquérito realizado a 162 alunos do agrupamento de escolas de Braga, acompanhando-os ao longo do 7.º, 8.º e 9.º anos e resultou no estudo «(In)visibilidade do Bullying Homofóbico no Contexto Escolar Português».
Dos 162 inquéritos, 52% eram raparigas e 48% rapazes.


Diário Digital / Lusa"

 

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=704644

 

Merece reflexão.

 

 

 
publicado por Pedro Leite Ribeiro às 12:25
tags:

mais sobre mim

Maio 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

arquivos

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

RSS